Home
Quem somos
O que é eHealth?
Artigos Pessoais
Outros Artigos
Visão Internacional
Visão Nacional
Tendências
Community Health
TeleHealth
mHealth
PHR
Estudos de Caso
DICOEMS
INFOMED - Cuba
Health-e-Child (HeC)
Immunogrid
DESSOS
TeleManagement
e-Card Austria
PARINTINS
MedicalORDER
DISPEC
Apoteket
TACIT
Telepharmacies
Contato
Livro de visitas/Fórum




OBJETIVO E ESSCOPO 
 
O projeto DESSOS (Software de Suporte a Decisões voltado à Cirurgias Ortopédicas) visa desenvolver um software de suporte a decisões, de
forma a reduzir a variabilidade dos resultados da cirurgia e maximizar a longevidade dos dispositivos ortopédicos, em especial as reposições em joelhos.

Atualmente, não existem sistemas baseados no conhecimento para
auxiliar o planejamento de uma cirurgia e quelevem em 
consideração os dados específicos do paciente.

Nos 25 países que compõem a União Européia, ocorrem cerca de 540 mil de reposição de joelho a cada ano. Uma média entre 1 a 10 e 1 a 20 joelhos exigirão uma nova cirurgia após 10 anos. Uma parcela significativa dos joelhos implantados possui cinemática anormal,e este fato ajuda a acelerar o processo de falha. A variabilidade do resultado do paciente depende muito da experiência e da habilidade
de cada cirurgião.

O principal objetivo do as ferramentas de software que englobam o conhecimento nessa área, de forma a oferecer aos cirurgiões ortopédicos as informações apropriadas para tomar decisões.

Mais especificamente, o  DESSOS objetiva:

- Desenvolver métodos
rápidos que gerem modelos específicos dos membros inferiores de cada paciente.

- Desenvolver modelos músculo-esqueletais capazes de prever as forças envolvidas nas atividades do dia-a-dia.

- Desenvolver modelos numéricos rápidos capazes de prever a cinemática e as tensões sofridas por uma reposição de joelho.

- Determinar os possíveis parâmetros de desempenho de um paciente
em particular.

- Desenvolver estratégias que objetivem a orientação do implante 
e que possam maximizar a longevidade do dispositivo.

DESCRIÇÃO DO PROJETO

O projeto reúne a pesquisa fundamental e aplicada para suportar o desenvolvimento de um software baseado em conhecimento, capaz
de oferecer ao cirurgião recomendações quanto ao tamanho e demais orientações relativas aos implantes prostéticos dentro de uma
articulação, com base nos dados anatômicos específicos do paciente.
Essas informações podem ser apresentadas antes ou durante a
cirurgia, de forma a obter a cinética desejada e predeterminada
da articulação alvo. As recomendações serão baseadas em previsões
que utilizam técnicas avançadas de modelagem e otimização.

De forma a alcançar esse objetivo, existem vários desafios tecnológicos significativos que precisam ser superados:

- Desenvolver metodologias através das quais as principais métricas e parâmetros associados aos dados do paciente possam ser extraídos automaticamente de diferente as fontes de Dados (tomografias,
ressonância magnética, sistemas IGS etc.).

- Desenvolver metodologias através das quais os dados específicos
do paciente (centro do joelho, eixo de flexão do joelho etc.) possam ser integrados e utilizados para modificar o modelo músculo-esqueleto, e dos membros inferiores humanos, de forma a prever as forças e a cinética, respectivamente.

- Desenvolver métodos através dos quais as informações dos  pontos
de tecidos moles, tais como os ligamentos, possam ser automaticamente convertidas em estruturas de rede, adequadas à implementação de
ferramentas de modelagem (assim chamadas Meshless FEA).
O objetivo é aumentar a fidelidade do modelo do membro inferior.

- Desenvolver mecanismos e sistemas através dos quais o possível  desempenho da prótese utilizada possa ser fornecido ao cirurgião
para uso pré-cirúrgico e intra-cirúrgico em um prazo de tempo aceitável.

- Desenvolver ferramentas adequadas de otimização que possam 
determinar o tamanho e demais orientações dos componentes 
prostéticos em um prazo aceitável para uso pré-cirúrgico e intracirúrgico.

RESULTADOS E IMPACTOS ESPERADOS

Resultados e impactos esperadosAtravés do desenvolvimento desses
modelos, técnicas e  metodologias, e sua aplicação em um conjunto de soluções de TI (softwares), o projeto visa apresentar como resultado
uma ferramenta “completa” de planejamento cirúrgico para uso em procedimentos de reposição de próteses de joelhos.

Os beneficiários do projeto de saúde e os pacientes. A otimização da implantação de uma articulação artificial deve gerar uma melhor
funcionalidade do processo de implante bem como uma inequívoca
redução do risco de falhas, tanto no curto como no longo prazo.

Portanto, os pacientes poderão esperar maior longevidade de seus
implantes, reduzindo, assim, o risco de uma cirurgia de revisão.
O benefício será repassado aos Serviços de Saúde públicos e privado, 
na medida em que as taxas de revisão forem decrescendo, produzindo consideráveis reduções de custo.

_________________________________________________________  

Top