Home
Quem somos
O que é eHealth?
Artigos Pessoais
Outros Artigos
Visão Internacional
Visão Nacional
Tendências
Community Health
TeleHealth
mHealth
PHR
Estudos de Caso
DICOEMS
INFOMED - Cuba
Health-e-Child (HeC)
Immunogrid
DESSOS
TeleManagement
e-Card Austria
PARINTINS
MedicalORDER
DISPEC
Apoteket
TACIT
Telepharmacies
Contato
Livro de visitas/Fórum



A Cisco do Brasil, a convite da Intel e da Fundação CPqD, junto com a Embratel, Promon e Proxim Wireless, estão participando do Projeto Parintins, inaugurado em setembro/2006.O projeto objetiva a formação de uma rede de acesso à Internet em banda larga sem fio na cidade de Parintins (AM) com conexão feita por meio de uma solução combinada das tecnologias WiMAX e WiFi integrando quatro localidades públicas, sendo duas escolas, um centro comunitário e um posto de saúde.

Com uma população de pouco mais de 50 mil habitantes, espalhados em uma área de 5.978 km2, Parintins fica a 369 quilômetros de Manaus, em plena Floresta Amazônica, na Ilha Tupinambarana, margem direita do Rio Amazonas. A Prefeitura Municipal, com o apoio da Universidade Estadual do Amazonas, solicitou ao Ministério das Comunicações a inclusão da cidade – famosa no mundo todo pelo festival folclórico que realiza em junho – no projeto do Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), do governo federal.

A proposta apresentada pelas empresas envolvidas, que tem o apoio da Universidade de São Paulo, encontrou nas WiMAX/Wi-Fi a solução mais adequada. A Cisco forneceu um roteador de serviços integrados Cisco 1841 ISR Series e dois switches Cisco Catalyst 2940 Series, responsáveis pela criação da rede para o acesso à Internet. Também foram fornecidos seis access points Cisco AIR-AP1121G para a instalação da rede sem fio no Centro de Saúde Irmão Francisco Galiani, nas escolas Lila Maia (Itauna I) e Irmã Cristine (Itauna II) e no Centro de Geração de Renda Aldair Kimura.

Este é o segundo projeto de colaboração técnica no qual a Cisco e a Intel são parceiras. Em dezembro de 2005, foi implantando um projeto-piloto em Belo Horizonte (MG), para oferecer acesso sem fio à Internet para 25 localidades, atendendo escolas, centros de saúde e prédios da Prefeitura da capital mineira.

Top